Alagoas tem pastora surda e muda

Uma jovem de 20 anos, Maria Kelly Santos, é a primeira pastora da Igreja  Quadrangular de Alagoas  surda-muda e deficiente visual. Estudante de nutrição, ela se converteu aos 12 , por iniciativa própria,e deste então evangeliza surdos e mudos em braile e libras em sua própria casa.
O exemplo de superação e de fé de “ Kelly mostra que é possível a construção de um mundo  sem desigualdades. ‘Kelly fez uma opção de vida pelo amor de Cristo e ao trabalhar ajudando o próximo as deficiências que carrega em seu corpo somem na grandeza de seu ideal e na força de sua vitória”,“A escolha dela de se evangelizar foi aos dez anos ,mas ela só se batizou aos 12, e hoje é uma das missionárias mais atuantes que temos”, salientou a mãe da nova pastora.Kelly só tem a crescer, a continuar avançando na vida com fé que tem nela  e em Cristo”.

Nenhum comentário: